Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Metodologia
Início do conteúdo da página

Metodologia

Publicado: Sábado, 13 Agosto 2016 13:09 | Acessos: 98

O IPCC define o termo vulnerabilidade como “a propensão ou predisposição a ser adversamente afetado, compreendendo a sensibilidade ou susceptibilidade ao dano e falta de capacidade para lidar ou se adaptar aos impactos” (IPCC, 2014, p. 128).

Nesse contexto, a vulnerabilidade ao clima apresenta três elementos básicos: a exposição enquanto a natureza e o grau com que um sistema experimenta os estresses ambiental e sociopolítico; a sensibilidade como o grau com que o sistema é afetado ou modificado por perturbações; e capacidade adaptativa como a habilidade de um sistema evoluir para acomodar e lidar com os perigos ambientais ou mudanças políticas (ADGER, 2006).

A construção de indicadores de vulnerabilidade tem sido feita por esta equipe da Fiocruz há 15 anos. A metodologia foi aprimorada e, atualmente, combina informações de vários setores. São considerados dados sobre cenários climáticos, sistemas de saúde, doenças, informações socioeconômicas (renda, escolaridade, capacidade institucional dos municípios, entre outros) e de sistemas naturais (ecossistemas).

A partir dessa combinação de informações, é possível ter um retrato sobre os municípios e os fatores que os tornam mais ou menos vulneráveis em relação à capacidade de adaptação às mudanças do clima.

Clique aqui e confira o esquema metodológico sobre a composição dos indicadores.

 

registrado em:
Assunto(s): esquema metodológico
Fim do conteúdo da página